12 abril 2014

PROMOÇÃO: Aniversário Mais que Livros

Fazia um bom tempo que não tínhamos uma promo bem legal aqui, não é mesmo? Esse mês, em parceria com blogs amigos, faremos uma promo de aniversário. Dividiremos os vencedores da seguinte forma: o primeiro sorteado escolherá 5 livros, o segundo escolherá 4 livros e o terceiro ficará com os 4 livros restantes.



Mais que Livros - Feita de Fumaça e Osso  |  Leitora Assídua - A Casa da Cristaleira  |  Clube do Livro PE - A casa do céu  |  Borboletas Literárias - O Futuro de nós dois  |  Vitamina de Pimenta - Esc@ndalo  |  Sou Bibliófila - Marina  |  Maravilhosas Descobertas - A lenda do lago dourado  |  Minha Velha Estante - A outra vida  |  Srta Bookaholic - Por toda a eternidade  |  Livros vs Séries - Ender's Game  |  Jovens Leitores - O Beijo das Sombras  |  Exceptionss - Discovery Earth  |  Estante Jovem - Carta roubada e outras histórias de crimes e mistérios  


REGRAS OBRIGATÓRIAS
1. Ter endereço fixo no Brasil
2. Preencher as entradas obrigatórias do formulário



ATENÇÃO
1. A promoção começa dia 09/04 e termina dia 09/05. 
2. Perfis fakes ou criados exclusivamente para promoções serão desclassificados;
3. Os sorteados receberão um email e terão 48 horas para respondê-lo. Caso não seja respondido será feito um novo sorteio;
4. O livro será enviado em até 30dias pelo blog responsável. 
5. Não nos responsabilizamos por eventual extravio ou problemas com o correio ou caso o endereço para envio seja passado errado.

11 abril 2014

RESENHA: A Bruxa de Near


Páginas: 240
Editora: Planeta
Autor: Victoria Schwab
Sinopse: Na cidade de Near não existem estranhos e a velha história da Bruxa é contada apenas para assustar as crianças. Estas são as verdades que Lexi Harris ouviu durante toda a vida. Mas quando um estranho, um garoto que parece desaparecer como fumaça, surge em uma noite do lado de fora de sua casa, ela sabe que algo não está correto. Na noite seguinte, crianças começam a desaparecer de suas camas sem deixar qualquer vestígio e o estranho é o principal suspeito. Mas quando o garoto se oferece para ajudar na busca, algo no coração de Lexi diz que ele esconde outros segredos e não é o culpado. Ela estaria imaginando ou o vento parecia sussurrar através das paredes? Quando a busca pelas crianças se intensifica, o mesmo acontece com a necessidade de Lexi de saber sobre a Bruxa que talvez não seja só uma história para dormir... 




Nota:

Ah, esse mês está rendendo ótimas leituras para mim. Esse livro é simplesmente incrível, com todo esse lance de magia e mistério. Mas o que me chamou atenção primeiramente foi essa capa perfeita com uma pegada meio sombria e o enredo também é ótimo.

Tudo começa com uma histórinha boba de criança sobre uma bruxa que foi "expulsa" da cidade de Near. Histórinha que vale lembrar que terá um fundamento depois, só avisando.

Near é uma cidade pequena, ou seja, todos se conhecem e estranhos não aparecem muito por lá. Até uma noite em que Lexi Harris percebe uma estranha sombra do lado de fora da janela do seu quarto. Em um momento ele estava lá mas em outro a sombra desaparecia como o vento. Depois desse acontecimento estranho foi desencadeada uma série de sequestros das crianças de Near e como Lexi também tem uma irmãzinha ela não iria ficar em parada esperando que o mesmo acontecesse em sua casa.

Mas ninguém conseguia desvendar esse misterioso caso porque simplesmente quem sequestrava as crianças não deixava rastro algum, como se as crianças simplesmente evaporassem sem deixar vestígios e nem mesmo pegadas.

Lexi se junta com Cole (nome dado ao estranho por ela já que ele não tinha nome, não me perguntem porque também não entendi muito bem isso) para tentar descobrir o que está acontecendo, mas acaba sentindo por ele o que ela nunca sentiu antes por alguém.... Típico. 

É difícil não soltar spoiler do livro, mas eu tentei. O livro é fino mas eu adorei e super indico ele para todos pois tem todos os gêneros em um só: romance, mistério, fantasia e suspense.

Eu com a minha humilde opinião não vi defeitos nele. A escrita está perfeita, a não ser por uma palavrinha que está grudada na outra, mas fora isso nada gritante. A leitura é leve e nem um pouco maçante, me rendeu horas muito boas.

04 abril 2014

RESENHA: As Herdeiras

Páginas: 304
Editora: Galera Record
Autor: Joanna Philbin
Sinopse: Desajeitada e doida por literatura, Lizzie não poderia ser mais diferente de sua mãe, Katia Summers, a supermodelo mais famosa do mundo. Acostumada aos flashes de paparazzi e aos muitos admiradores de sua mãe, a menina sabe como ninguém como é não ser notada.
Mas ela não está sozinha. Suas duas melhores amigas também sentem na pele como é ter pais famosos. Carina Jurgensen tem um magnata de telecomunicações como pai, enquanto Hudson Jones é filha da cantora pop Holla.
Mas tudo muda quando Lizzie é descoberta por uma fotógrafa de modelos exóticas. Agora, ela tem que conciliar a escola com sua nova carreira, lidar com a constante comparação com sua mãe e conquistar o gato da sala... Ufa!



Nota:

Sabe aqueles livros que você os devora em apenas um dia de tão gostosa que é a leitura? Do tipo que faz você lembrar de quando era mais nova e tudo mais? Foi exatamente o que aconteceu aqui. As Herdeiras foi o primeiro livro da parceria com a Galera Record que recebi (para resenhar, já que ganhei de presente A Casa de Segredos que resenharei em breve).

Demorei uns dois dias para começar a ler, mas passado o primeiro capítulo, simplesmente não consegui parar e terminei o livro em uma tarde. Vários são os motivos, claro. O principal foi: me lembrou quando eu era adolescente e vivia grudada com as minhas amigas para lá e para cá. O segundo motivo foi: tem exatamente o jeitinho dos livros que lia na época. 

Apesar de eu não estar acostumada com páginas brancas, não me incomodei com isso e achei a capa bem simples e bonita. Feminina. Com as três amigas do livro ali: Lizzie, Carina e Hudson. Não vi nenhum erro de português também, então deu para ver que foi caprichado nesses quesitos.

A história gira em volta das três Filhas - sim, com F maiúsculo para se referir ao fato de que são filhas de famosos. Elas são amigas inseparáveis, justamente por se entenderem quando se trata de pais muito famosos. Tão famosos e ricos a ponto de ser algo negativo. Lizzie é filha de uma super modelo e a que mais tem destaque no livro. Adora ler O Grande Gatsby e escrever contos, porém não suporta passar pelo tapete vermelho ao lado da mãe, já que comparações sempre surgem devido a Katia ser considerada a mulher perfeita e ela ... bem, não é nem bonita. É ruiva como o pai e os cabelos são uma bagunça cacheada, além de ela ser bem branquela, claro. 

Carina é filha de um dos caras mais ricos do mundo mas não quer seguir os passos do pai e cuidar da empresa. A jovem quer viver a sua vida de forma natural, praticando esportes com os amigos, ajudando ONG's e tudo mais. Já Hudson é estilosa e herdou o dom da música de sua mãe, a cantora pop do momento, Holla. Mas apesar da bela voz, não quer gravar músicas pop e agitadas e sim um álbum com seu estilo meio hippie e lento, o que a mãe é super contra. 

Claro, o desejo de nenhuma delas vai ser atendido. E elas só tem elas mesmas para se apoiarem. O mais legal na história é que  as três realmente se apóiam até nos momentos que parecem mais complicados, como um convite para ser uma modelo feia - ou exótica - para a Lizzie. Ou conquistar o garoto novo na escola, que voltou de viagem mais lindo e com um leve sotaque inglês.

É uma história beeeeeem adolescente. As meninas tem entre os 14 e 15 anos. Mas é divertido de se ler. Achei uma das leituras mais gostosas que li nos últimos tempos e indico para quem gosta de matar a saudade da adolescência através das páginas. E ah, é uma série. Não vejo a hora de ler a continuação, porque o livro termina com um gostinho de "Quero Mais".

30 março 2014

RESENHA: Esconda-se


Páginas: 399
Editora: Novo Conceito
Autor: Lisa Gardner
Sinopse: Uma mulher que foi obrigada a fugir  desde criança  de uma possível ameaça. Uma ameaça que seu pai via em todo lugar, mas que a polícia nunca considerou. Um antigo e desativado sanatório para doentes mentais que pode ter muito mais a esconder entre suas paredes do que homens e mulheres entorpecidos por remédios. Uma história de rancor entre membros de uma mesma família que nunca conseguiram superar os episódios de violência doméstica que presenciaram. Um pingente que foi parar em mãos erradas  e a cena de um crime brutal: seis meninas mortas e mumificadas há mais de trinta anos. Agora, cabe à famosa detetive D.D. Warren descobrir quem foi o serial killer que cometeu esta atrocidade e que motivação infame deformou sua mente. Acompanhe D.D. Warren na solução de mais este complexo caso e encontre o inimaginável que está por trás de pessoas aparentemente comuns! 



Nota:

Eu tinha me esquecido completamente de o quanto livros policiais são instigantes e essa leitura serviu para me lembrar de como eu adoro isso . São poucos os livros que conseguem me prender como esse e eu já estava sentindo falta deles.

 Ele nos trás Annabelle, que desde que era pequena foi obrigada a se mudar de cidade em cidade com sua  família por algum motivo que ela nunca soube. Na realidade ela achava que seu pai tivesse algum tipo de problema para fazer tal coisa e o mais estranho era que ele nunca levava seus pertences. Apenas pedia para que ela subisse para o quarto e pegasse duas coisas que ela quisesse levar para a casa nova. E para a garota, casa nova significava identidade nova. Isso tudo se iniciou depois que Annabelle começou a receber presentes na porta de sua casa e ao ver dela o seu pai não gostava muito disso.

Seu último presente foi um pingente com a inicial do seu nome e isso por alguma razão deixou seu pai furioso, depois disso começaram a fugir. 

"-Você precisa ir até seu quarto. Pegue duas coisas. Quaisquer duas coisas que queira. Mas, rápido, Annabelle. Não temos muito tempo." - Página 6


 Depois que se mudaram, Dori Petracelli, a melhor amiga de Annabelle foi sequestrada e isso desencadeou vários outros sequestros, e todas as vítimas eram meninas.

 Passados alguns anos, foi descoberta uma câmara mortuária subterrânea nos arredores de um  antigo sanatório, onde foram encontrados seis corpos ensacados. Em um dos corpos foi encontrado um pingente com um "A" e os detetives suspeitam que o corpo em que foi encontrado o pingente seja de Dori, e depois de muita pesquisa conseguiram chegar até Tanya, nome atual de Annabelle.

Agora Annabelle, uma mulher adulta, está envolvida no caso. E ela vai descobrir que tem muito mais a ver com esses assassinatos do que pensa.

 Eu adorei esse livro porque nele há muitas peças a serem encaixadas e isso prende quem lê a todo o momento. Em uma parte você acha que é uma pessoa mas após ler outra linha acontece uma reviravolta tão grande em sua mente que aí começa a suspeitar até do cachorro do vizinho.

Uma leitura mais o que indicada para quem gosta do gênero. A Novo Conceito me surpreendeu com tudo. Achei a capa legal (mesmo que alguns achem ela sem graça, rs) e não encontrei nenhum errinho sequer durante a leitura. Ao menos nenhum que me incomodou. Mas enfim, já leram ou ouviram falar do livro?

22 março 2014

SERIADOS: Pretty Little Liars

Bom dia, pimentinhas *-*
Sim, sumi de novo. Mesmo que dessa vez a culpa tenha sido da bendita internet. A promoção de 2 anos do blog finalizou mas como a ganhadora não respondeu ao e-mail no tempo pedido, o sorteio foi feito de novo e estou aguardando a resposta da nova ganhadora rs
Cliquem no Leia Mais aí embaixo ^^